Siga e compartilhe

Calcinha que barra a menstruação: como funciona a novidade que dispensa absorventes

Calcinha que barra a menstruação como funciona a novidade que dispensa absorventes

Os incômodos da menstruação são muitos, entre eles a sua chegada em um momento inesperado, o fluxo intenso e o medo do vazamento. Em alguns casos, o uso do absorvente não é suficiente para evitar constrangimentos. Para solucionar esses problemas, uma estudante americana criou um produto que promete ser revolucionário: a calcinha que absorve o sangramento. O produto é lavável e pode ser utilizado por muitas vezes, como uma calcinha comum.

Julie Sygiel, que é formada em engenharia química, teve a ideia durante uma aula de empreendedorismo na qual precisava criar algo inovador, que ainda não existisse no mercado. A partir daí, pesquisou diversos tipos de tecidos e texturas até chegar ao que considerou ideal. Depois de registrar a patente da nova calcinha, ela investiu ainda mais no produto, com o apoio financeiro de um engenheiro, apresentado a ela pelo próprio professor do curso.

calcinha-contem-menstruacao-como-funciona-novidade-3

Como funciona a calcinha à prova de menstruação

Segundo matéria publicada na Folha de São Paulo, a calcinha é feita de um tecido resistente, em várias camadas, que suportam o equivalente a até três colheres de chá de líquido sem vazar e tem um design atraente, além de não ficar com mau cheiro. 

A linha de calcinhas, cujo foco é proteção e conforto, recebeu o nome de Dear Kate e vem sendo cada vez mais procurada pelas mulheres, inclusive pelas que sofrem com incontinência urinária. O preço não é barato! O modelo mais em conta sai por 30 dólares, o equivalente a 90 reais. No Brasil, por enquanto, a única forma de adquirir é através da internet.

Ingredientes

Como funciona a novidade que dispensa absorventes.



Gostou? Participe do nosso grupo e receba as melhores receitas culinárias e dicas caseiras clique e seja um membro: https://www.facebook.com/groups/noticiasereceitas/
Redes Sociais

Faça seu Comentário