Siga e compartilhe

Guia definitivo para emagrecer com comidas “superpoderosas”

Guia definitivo para emagrecer com comidas superpoderosas

Não é incomum que surjam alimentos que, do dia para a noite, virem “obrigatórios” no cardápio de quem quer perder peso ou se manter disposto para malhar. Segundo Stacy Sims, Ph.D. em nutrição e fisiologia, essas modas vão e vem, mas existem comidas tão nutritivas e importantes para o bom funcionamento do corpo que dificilmente perderão o posto de “superpoderosas”. Em entrevista à revista Women’s Health, o norte-americano indicou quais são os melhores alimentos para cada tipo de objetivo.

Não se esqueça de consultar seu nutricionista antes de inserí-los na sua dieta. Cada pessoa tem um tipo de metabolismo, e você pode ser intolerante a alguns dos alimentos indicados por Sims. Veja a lista.

Dar energia

Aveia: fácil de consumir, é fonte de fibras e de carboidratos, que dão um “boost” energético no cérebro, além de melhorarem a sensação de bem-estar. Comer aveia todo dia ajuda na dieta e regula o intestino.

Uva passa: é ótimo tê-las à mão durante longos treinos. São “pílulas saudáveis” de energia: têm potássio e ferro, importantes para “fortalecer” o sangue, além de controlarem a quantidade de açúcar ali presente.

Banana: mantém os eletrólitos (sódio, potássio e cloro) balanceados e otimiza o uso de energia pelo corpo.

Aliviar a dor

Gengibre: combate a náusea e pode reduzir a dor muscular em até 20%. De quebra, o gengibre emagrece e extermina as gordurinhas.

Cereja: neutraliza os radicais livres para que você possa se recuperar mais rápido.

Açafrão: funciona como um anti-inflamatório contra dores nas articulações.

Construir músculos

Ovos: ricos em proteína e em vitamina B12, são importantes para diminuir os níveis de gordura do corpo e para ajudar na contração muscular.

Whey Protein: quase que obrigatório para barriga trincada e glúteos hipertrofiados. Mas tome cuidado: para saber se você pode usar o whey protein, consulte seu médico e seu nutricionista.

Salmão ou atum: as proteínas presentes nesses peixes praticamente forçam os músculos a começarem seu processo de reconstrução depois do treino – que é o que os fazem “crescer”.

Acelerar o metabolismo

Pistache: engana a fome do pós-treino sem comprometer a dieta. Suas fibras facilitam o processo de digestão, ajudam a eliminar toxinas mais rapidamente e dão maior sensação de saciedade.

Beterraba: te ajudam a fazer um treino mais intenso, sem que você sinta que precisa fazer muito mais esforço para isso – ou seja, potencializam os resultados. Isso porque o betacaroteno combate a degeneração celular e é antioxidante.

Edamame: é a soja colhida ainda verde. Possui alto teor de proteína que detona a gordura, e suas fibras ajudam o intestino a funcionar. Pode ser encontrado em lojas especializadas em produtos naturais.

Ingredientes

Existem comidas tão nutritivas e importantes para o bom funcionamento do corpo que dificilmente perderão o posto de “superpoderosas”.



Gostou? Participe do nosso grupo e receba as melhores receitas culinárias e dicas caseiras clique e seja um membro: https://www.facebook.com/groups/noticiasereceitas/
Redes Sociais

Faça seu Comentário