Siga e compartilhe

Inacreditável: conheça a história do drink de dedos de pé humano

Inacreditável conheça a história do drink de dedos de pé humano

.

Sem dúvida, é uma história bizarra e absurda. Ela vem de uma lenda da cidade de Dawson, em Yukon, no Canadá, conhecida por abrigar diversas minas. Segundo o conto, em 1973, o capitão Dick Stevenson, que era barman, estava limpando a cabine de um desses locais de extração quando encontrou o dedo de um pé humano mumificado, boiando em uma garrafa com álcool, e resolveu criar um drink um tanto quanto inusitado.

Pois é, enquanto muitos de nós, seres humanos comuns, teríamos vendido como relíquia, levado para um museu, ou até anunciado em qualquer jornal para descobrir a história do objeto, o espirituoso capitão Stevenson criou um coquetel. A bebida consistia em uma taça de champagne com o ingrediente inesperado. No vídeo acima do texto (tradução automática disponível), Dylan Thuras, do canal do YouTube Atlas Obscura, explica que o drink se tornou um campeão de vendas no bar de um hotel local.

Tudo muito estranho, ainda mais quando se tem conhecimento da tradição que envolve o consumo do produto. Os aventureiros que desejam provar o drinque ganham um certificado se respeitarem o dito popular que diz: “seja rápido ou seja lento, mas quando tomar, seus lábios têm que tocar o dedo”. Atualmente, segundo informações do site Mental Floss, a bebida é oferecida pelo bar Sourdough, do hotel Downtown e o champagne foi substituído por uma dose de whisky.


O Hotel Downtown, na cidade de Dawson, no Canadá

Conforme descreve o artigo, milhares de pessoas corajosas já provaram a “bebida de dedos”, mas um problema tem afetado o consumo. Os dedos utilizados acabam desaparecendo, seja por que as pessoas os engolem acidentalmente ou mesmo roubam como um souvenir. Isso fez com que o estabelecimento estipulasse uma multa para quem engolisse o “ingrediente especial”: US$ 25 mil (cerca de R$ 100 mil). De acordo com o vídeo, o bar já está no seu 10º dedo e procura sempre manter um de reserva no freezer para oferecer aos clientes.

Mito ou verdade?

Pois bem, ao conferir a história contada por Dylan Thuras e ler o artigo publicado no site Mental Floss, não há como se certificar de que isso é realmente verdadeiro. Pela bizarrice ou grau insano do conto, nós tendemos a imaginar que tudo não passa de uma lenda sem graça.

No entanto, com uma breve navegação no YouTube, nós encontramos o vídeo abaixo. No início da gravação, datada de 1994, há a informação de que os dedos utilizados foram doados por um paciente com câncer que precisou ter a perna amputada. Assim sendo, deixamos para os senhores, caros leitores, tirarem as suas próprias conclusões.

Com vocês, o capitão Dick Stevenson… (Atenção: o vídeo pode ser perturbador para algumas pessoas)

Ingredientes

.



Gostou? Participe do nosso grupo e receba as melhores receitas culinárias e dicas caseiras clique e seja um membro: https://www.facebook.com/groups/noticiasereceitas/
Redes Sociais

Faça seu Comentário