Como usar óleo de rícino no cabelo? Receitas e passo a passo



Extraído originalmente da mamona, o óleo de rícino vem se tornando cada vez mais o queridinho quando o assunto é cuidado com os cabelos. Mesmo assim, ainda há muita dúvida sobre como aplicar óleo de rícino no cabelo para fazê-lo crescer.

Rico em vitamina E e ômega-3, 6 e 9, o óleo vegetal possui um potencial extremamente hidratante, promove uma ação antibacteriana e antifúngica, e ainda fortalece o couro cabeludo. Os benefícios desse produto para a saúde, pele e cabelos são muitos. Mas você sabe como usá-lo?

Óleo de rícino no cabelo funciona?

Aplicar óleo de rícino no cabelo não é nenhuma ciência absurda. O que muitos dermatologistas defendem é que o óleo auxilia na nutrição capilar, promovendo mais saúde para fios e couro cabeludo. Dependendo do seu objetivo, ele funciona sim e muito bem!

Essa substância é abundante em ácidos graxos importantes para o organismo, como o ácido palmítico, ácido esteárico, ácido dihidroxiesteárico, ácido oleico, ácido linoleico, ácido linolênico, ácido behênico e ácido ricinoleico. Além de ser rico em sais minerais.

Todos esses compostos agem de forma diferente, estimulando o fortalecimento dos folículos capilares, prevenindo a calvicie e a alopécia, reparando as pontas duplas e fortificando os fios. Ele também pode ser usado para evidenciar a tonalidade do cabelo, realçando a sua cor natural.

Como ele faz isso? É simples: o óleo sela uma película protetora nos fios, fazendo com que eles fiquem mais grossos e retenham a umidade e a hidratação naturais do cabelo. Isso faz com que suas madeixas fiquem mais brilhosas e vistosas. Mas atenção às recomendações de uso!

Por que o óleo de rícino faz o cabelo crescer?

Muita gente se pergunta como o óleo da mamona tem esse efeito. Hoje em dia, o cabelo sofre muitos danos de diversos lados: poluição, superaquecimento da chapinha e do secador, excesso de exposição ao sol e de procedimentos químicos e abuso do uso de cosméticos. Pois é, passar muitos cremes e shampoos também faz mal.

O óleo de rícino no cabelo ajuda-o a crescer, porque sela os fios e protege o couro cabeludo de todos esses fatores externos. Lembre-se, esse não é um produto milagroso, mas sua eficácia é comprovada cientificamente. E se você cuidar bem dos seus cabelos e aplicar o óleo com frequência e da forma certa terá cabelos longos em poucos meses.

Como usar óleo de rícino no cabelo?

Há quem diga que óleo de rícino no cabelo faz mal, mas esse é um mito. Outra mentira que circula por aí é que o óleo provoca seborreia ou deixa o cabelo oleoso. Pelo contrário, a sua aplicação pode inclusive acabar com esses e outros problemas capilares. É que muita gente associa a palavra óleo à oleosidade. Não é bem assim!

Claro que se você encharcar os cabelos das raízes às pontas com óleo ele ficará com péssimo aspecto. Por isso que depois da aplicação você precisa lavar bem a cabeça, com produtos adequados para isso. Mas achar que essa substância deixa o seu cabelo ruim é um pensamento errado.

Veja abaixo alguma discas de como usá-lo para o seu cabelo bombar!

Óleo de rícino no cabelo loiro

Só quem tem cabelo loiro descolorido sabe como é difícil mantê-lo hidratado. A batalha é constante para deixá-lo sem frizz e com as pontas saudáveis. O óleo do rícino pode ser um grande aliado e até fazer você poupar dinheiro em produtos mais caros.

Nesses casos, o seu uso é mesmo muito simples: basta fazer uma máscara potencializadora de hidratação uma vez por semana. Para isso, misture uma colher de chá de rícino com duas colheres de sopa do seu creme hidratante de preferência.

Primeiro, lave os cabelos para remover os resíduos, abrir os poros do couro cabeludo e as cutículas capilares. Idealmente, você pode até fazer isso com somente água e bicarbonato de sódio ou utilizando um shampoo detox neutro.

Depois aplique a mistura de creme e rícino no cabelo úmido. Deixe agir por 30 minutos e enxague bem, até remover todo e qualquer resíduo do óleo.

Óleo de rícino no cabelo cacheado

O cabelo cacheado é assim por conta dos folículos pilosos, que são em formato de gancho. Por isso, eles crescem enroladinhos, o que permite que a oleosidade natural do cabelo se mantenha mais equilibrada que nos fios lisos. É também por essa razão que eles são mais ressecados e precisam de maior cuidado.

Se você não faz um bom cronograma capilar, acaba por ficar com o cabelo sem vida, sem brilho e com os cachos pouco definidos. Para evitar esse cenário, aposte em uma umectação regular com óleo de rícino. Pode aquecer a quantidade de óleo necessária e passá-lo da raiz às pontas. Deixe agir por 1 hora ou deixe o óleo de rícino no cabelo para dormir.

No dia seguinte, lave o cabelo apenas com água e condicionador. Seus cachos mudarão na hora e ficarão incríveis.

Óleo de rícino no cabelo masculino

Não são só as mulheres que se preocupam com o cabelo. Pelo contrário, diversas pesquisas mostram que os homens com falhas e entradas tem baixa autoestima. Acontece que até pouco tempo atrás os homens não tinham muitas opções de produtos específicos para os seus cabelos e o cuidado era menor.

Agora os cosméticos são tantos que eles pecam por excesso. Para evitar essas falhas tão temidas, a queda de cabelo e a fragilidade, o melhor é usar o óleo diretamente no couro cabeludo. Aplique o óleo na pontinha dos dedos e esfregue bem no couro, massageando para ativar a circulação sanguínea na região.

Você pode fazer isso e lavar em seguida ou deixar agir por alguns minutos. Faça isso diariamente, durante uma semana, para ter melhores resultados. Outra alternativa é comprar o óleo de rícino com biotina, a vitamina B7. Essa vitamina é essencial para o crescimento do cabelo e da barba. Ingeri-la também ajuda!

Ela está presente nos ovos, cogumelos, batatas, carnes vermelhas e outros alimentos. Mas é possível encontrá-la em cápsulas e em suplementos alimentares.

Receitas com óleo de rícino

Se você já está convencido a usar óleo de rícino no cabelo, veja abaixo uma série de receitas para diferentes utilidades. São todas caseiras, naturais e muito baratas!

Azeite e óleo de rícino

Para acabar com o ressecamento de vez e devolver o brilho aos cabelos, misture azeite de oliva extravirgem com óleo de rícino. O cheiro não será muito agradável, é verdade. Contudo o resultado é ótimo e você já nota na primeira aplicação.

Esse tratamento custa em média uns R$ 3,00, considerando as poucas quantidades que você precisa. Você pode fazer uma vez por semana, se tiver o cabelo crespo e mais seco.

Ingredientes


  • Azeite de oliva: 1 colher de sopa;
  • Óleo de rícino: 1 colher de sopa.

Modo de preparo e aplicação

1. Misture os ingredientes em pote de vidro. Se o seu cabelo é muito comprido, dobre a receita.

2. Divida os cabelos em quatro partes, para expor o couro cabeludo e facilitar a aplicação.

3. Aplique com a ajuda de um pincel primeiro na raiz, como se você estivesse retocando com tinta.

4. Quando a raiz estiver completa, puxe o óleo para as pontas. Para isso, use um pente mais fino.

5. Deixe agir por pelo menos duas horas e então enxague e lave os cabelos.

Mel e óleo de rícino

Essa receita é para quem pinta o cabelo todo mês. Ela ajuda a proteger os fios dos efeitos da tinta, devolve a nutrição que a coloração retira e melhora o aspecto do fio, evitando a queda e o surgimento de pontas duplas.

Em média, fazer a misturinha em casa sai menos de R$ 5,00, mas se você puder usar um mel orgânico, melhor. Pode passar no dia seguinte a aplicação da tintura. Não se preocupe, pois não vai remover ou alterar a cor.

Ingredientes

  • Mel: 1 colher de sopa;
  • Óleo de rícino: 1 colher de sopa.

Modo de preparo e aplicação

1. Antes de misturar os ingredientes, aqueça o mel no micro-ondas por 15 segundos.

2. Junte o óleo ao mel quente, assim ficará menos espesso e mais fácil de aplicar nos cabelos.

3. Espere amornar para passar nos fios. Se a sua raiz é muito oleosa, passe apenas no comprimento e nas pontas. Do contrário, faça o uso em todo o cabelo.

4. Deixe agir por 45 minutos e então remova no banho.

Babosa e óleo de rícino

Essa mistura é mesmo para quem quer ter cabelão. A babosa é rica em cálcio, potássio, magnésio, zinco, sódio, ferro e vitaminas. Combinada com o óleo de rícino o resultado é um remédio natural eficiente contra a caspa e a seborreia. Ambas as substâncias são antifúngicas e antibacterianas.

E ainda é um excelente tônico para fazer o cabelo crescer. O tratamento fica por menos de R$ 2,00 e deve ser feito duas vezes por mês. Se é isso que você procura, veja como ter um cabelo digno de novela!

Ingredientes

  • Babosa: 1 folha;
  • Óleo de rícino: 1 colher de sopa.

Modo de preparo e aplicação

1. Limpe a folha da babosa e esprema-a para retirar a gosma.

2. Junte a gosma da babosa com uma colher de sopa de rícino morno.

3. Quando o creme estiver bem homogêneo, aplique na raiz do cabelo.

4. Coloque uma touca térmica e deixe agir por 30 minutos.

5. Enxagua e leve normalmente.

Ovo e óleo de rícino

Essa mistura culmina em uma hidratação extrema, para aqueles cabelos que estão mesmo quebradiços ou elásticos. É bem simples de fazê-la e o resultado também é imediato. O custo médio fica por volta dos R$ 5,00.

Ingredientes

  • Ovo: 1 gema;
  • Óleo de rícino: 1 colher de sopa;
  • Iogurte natural: 4 colheres de sopa.

Modo de preparo e aplicação

1. Coe a gema com a ajuda de uma peneira e bata-a com um garfo.

2. Misture a gema batida com o óleo de rícino e junte o iogurte.

3. Reserve o creme e lave os cabelos apenas com shampoo.

4. Retire bem a umidade do cabelo com uma toalha e então aplique a mistura nos fios e na raiz.

5. Deixe agir por 40 minutos e depois lave bem e remova qualquer resíduo.

6. Hidrate e finalize como achar melhor.

Óleo de rícino com bicarbonato

Esse tônico adstringente serve para acabar de vez com a caspa e aquelas feridinhas incômodas que surgem no couro cabeludo. Além de ser simples e bem barato de fazer, atua muito melhor que os shampoos anticaspa à venda por aí.

Confira como produzi-lo para usá-lo uma vez por semana.

Ingredientes

  • Óleo de melaleuca: 2 gotas;
  • Óleo de rícino: 1 colher de sopa;
  • Bicarbonato de sódio: 1 colher de sopa;
  • Água morna: meia xícara de chá.

Modo de preparo e aplicação

1. Junte todos os ingredientes em um pote plástico e misture bem.

2. No cabelo seco, aplique diretamente no couro cabeludo.

3. Deixe a mistura agir por pelo menos 30 minutos e então lave os cabelos normalmente.

Quais os benefícios do óleo de rícino para o cabelo?

Caso ainda não esteja plenamente convencido dos benefícios de utilizar óleo de rícino no cabelo, conheça mais motivos para ter sempre um potinho do produto em casa!

  • Fortalece cabelos, evitando a quebra e desgaste dos fios;
  • Combate a queda, estimula o crescimento e regenera os folículos capilares:
  • Um dos melhores produtos baratos para cabelos cacheados;
  • Não causa reações adversas;
  • Sela as cutículas dos fios, deixando o cabelo menos poroso e mais sedoso;
  • Hidrata e recupera o cabelo de processos químicos profundos;
  • Repõe vitaminas, minerais e outros nutrientes que os fios perdem no dia a dia;
  • Mantém o couro cabeludo saudável e equilibra a oleosidade natural, já que é um poderoso antifúngico e antibacteriano.

Loading...